Ponto eletrônico, bom para todos



By admin | 8 de agosto de 2012.




O sistema de registro para a freqüência no trabalho pelo ponto eletrônico, começou enfim a valer a partir do dia dois de abril, e será exigido para empresas que possuam mais de 10 empregados, nas ares de comércio, indústria, e em outros setores, como na construção civil, áreas de saúde da educação.

O sistema já era para estar funcionando em 2011, mas devido a falta de adequação reclamada por algumas empresas o projeto foi adiado.

O sistema é programado para liberar um comprovante, cada vez que o funcionário bater o ponto, assim o registro fica feito na máquina e o funcionário recebe o seu comprovante que deverá guardá-lo para eventuais reclamações.

Para as empresas que já possuem o controle mecânico ou mesmo o manual, por enquanto ainda não precisam mudar o sistema.

O registrador hoje é lei, e em caso de descumprimento desta, na primeira visita da fiscalização dentro de 90 dias, o empregador será advertido, a partir daí, se houver persistência no descumprimento da lei, a multa com certeza virá.